Campanha Salarial

15 de de 2014

Metalúrgicos rejeitam proposta patronal e voltam a se reunir com Fiemg nesta segunda-feira (15)


Lideranças das três federações (FIT Metal, FEM CUT e Femetal) que representam os metalúrgicos mineiros na Campanha Salarial Unificada 2014 voltam a se reunir com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) nesta segunda-feira (15), às 10 horas, na sede da entidade patronal, em Belo Horizonte, para a segunda rodada de negociações.

 

Na manhã do último domingo (14), no Clube dos Metalúrgicos, durante assembleia realizada pelo Sindicato, os metalúrgicos de Betim, Igarapé e São Joaquim de Bicas reprovaram a proposta patronal apresentada logo na primeira reunião de negociação, no dia 29 de agosto, e decidiram aumentar a pressão e intensificar mobilização nas fábricas para conquistar um acordo que valorize a categoria.

 

A mesma decisão tomada no último dia 11, pelos metalúrgicos de Belo Horizonte e Contagem, durante assembleia realizada pelo sindicato local – vale lembrar que a Campanha Salarial Unificada dos Metalúrgicos de Minas reúne cerca de 250 mil trabalhadores da categoria em todo o estado.

 

A proposta da Fiemg, rejeitada nas assembleias, prevê reajuste salarial de 4% em outubro e 1% em março de 2015 (válido para empresas que tenham até 50 empregados) e 4,5% em outubro e mais 1% em março (nas fábricas que contem com mais de 50 funcionários). Estes percentuais não contemplam a categoria com a reposição salarial, em função das perdas com a inflação, e nem preveem aumento real nos salários. 

 

Além disso, as propostas da patronal para piso salarial, abono, auxílio creche, gratuidade do transporte, tíquetes alimentação/refeição e garantia de emprego também não agradaram.

 

Aumentar a pressão

 

O presidente do Sindicato, João Alves de Almeida, disse, durante a assembleia, que é necessário que os metalúrgicos aumentem a pressão nas fábricas e reforcem a unidade junto à entidade, sempre que chamados para participar de assembleias ou manifestações nas portarias das fábricas, principalmente. “Esse é o caminho para obtermos êxito nesta campanha salarial”, afirmou.

 

Também presente à assembleia, Marcelino da Rocha, presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB Minas), argumentou que pelo menos nos últimos cinco anos, os metalúrgicos conquistaram acordos que incluíram índices de aumento real nos salários.

 

“Em 2014 não pode ser diferente. As empresas pintam um cenário de crise que não corresponde exatamente aos bons resultados que tiveram ao longo do último ano. Por isso, é necessário intensificar a mobilização nas fábricas até a conquista de um acordo digno para a categoria”, reforçou.

 

Com data-base em 1º de outubro, os metalúrgicos de Minas reivindicam reajuste salarial de 11% - índice que inclui a recomposição das perdas com a inflação e aumento real nos salários; abono único e especial de R$ 2.529,91; piso salarial de ingresso de R$ 1.949,48; garantia de emprego, a partir do dia 1º de outubro e até 90 dias após o fechamento do acordo; e abono de férias de um salário nominal do trabalhador na respectiva fábrica.

 

A categoria também reivindica a gratuidade do transporte aos empregados; tíquete-refeição/alimentação no valor de R$ 499,50; e reembolso dos valores pagos pela creche, independentemente do número de funcionárias por fábrica, com limite para criança com até 6 anos de idade.

 

Confira a cobertura fotográfica da assembleia no Facebook do Sindicato:

https://www.facebook.com/sindicato.dosmetalurgicosdebetim

 

Fonte: Departamento de Imprensa - Sindbet.

 

Enquete

Boletim
Eletrônico

Cadastre-se e receba as
noticias do Sindicato
Rua Santa Cruz, 811 | Centro | Betim - MG | CEP 32600-028 | (31) 3539-6500 | metalurgicosdebetim@metalurgicosdebetim.org.br

Horários de funcionamento do Sindicato:
- Sede: 8h30 às 12h e das 13h às 18h.
Endereço: Rua Santa Cruz, 811, Centro - Betim.
Telefone: (31) 3539-6500.
- Subsede: 8h30 às 16h45.
Endereço: Rua Toyota, 222, bairro Jardim Piemont - Betim.
Telefone: (31) 3597-0260.

Visitas desde junho/2016: 835283
Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região © 2018 All Rights Reserved.