NOTÍCIAS

11 de maio de 2017

Curitiba, 10 de maio – pela democracia, contra o golpe


Está marcado para esse dia o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz Sérgio Moro. 

 

 

Há um enorme falatório na mídia a respeito, alimentado por seletivos vazamentos de informações do processo, obtidas principalmente através de delações premiadas.

 

 

O que todos os democratas e pessoas preocupadas com o Estado Democrático de Direito precisam discernir, em meio a toda essa propaganda feita pelos golpistas, é que o que está em jogo são as liberdades conquistadas com muito custo. 

 

 

Um julgamento como o que está se desenhando, no qual o juiz não mantém a isenção necessária que o procedimento exige, feito sob a pressão de setores cujo objetivo explícito é tirar Lula da disputa em 2018, pode resultar em uma amputação violenta da democracia, mais um golpe, como advertiu Dilma Rousseff. 

 

 

Em primeiro lugar porque pode macular de forma definitiva o pleito de 2018, tirando da urna, sem qualquer prova sólida, alguém que detém 40% das intenções de voto nas últimas pesquisas de opinião. 
 

 

Em segundo lugar porque feita essa violência em relação a um homem da estatura e força de Lula, o que não se fará (ou se fará com ainda mais força) com o homem e a mulher comum? 

 

 

Uma condenação sem provas contra Lula sinaliza um tempo de arbítrio judiciário contra todos. 

 

Joga-se em Curitiba, portanto, uma importante etapa da luta pelos direitos individuais em curso no Brasil. 

 

 

Não é apenas a defesa de Lula que está em jogo. O que se pretende é a isenção e legalidade de seu julgamento, é a defesa de seu direito à ampla defesa com base nos fatos e não nas convicções de seus julgadores. O que está em jogo é o direito à presunção de inocência que protege qualquer cidadão acusado em um procedimento judicial.
 

 

É imperioso tomar as ruas de Curitiba nesta quarta-feira, em defesa de um pleito justo em 2018, que recomponha a democracia maculada pelo golpe de Temer e pela preservação dos direitos e garantias individuais.

 

 

FONTE: Vermelho

Enquete

Boletim
Eletrônico

Cadastre-se e receba as
noticias do Sindicato
Rua Santa Cruz, 811 | Centro | Betim - MG | CEP 32600-028 | (31) 3539-6500 | metalurgicosdebetim@metalurgicosdebetim.org.br

Horários de funcionamento do Sindicato:
- Sede: 8h30 às 12h e das 13h às 18h.
Endereço: Rua Santa Cruz, 811, Centro - Betim.
Telefone: (31) 3539-6500.
- Subsede: 8h30 às 16h45.
Endereço: Rua Toyota, 222, bairro Jardim Piemont - Betim.
Telefone: (31) 3597-0260.

Visitas desde junho/2016: 395263
Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região © 2017 All Rights Reserved.